uma carta para a minha sobrinha

 

Querida sobrinha

Daqui a dois dias vais atrás dum sonho que chama por ti em África!

E, como é Natal, lembrei-me do dia em que nasceste!!! Lembro-me quando aprendeste a andar de bicicleta, lembro-me de te ir buscar à Voz do Operário, de subir aquela escadaria de madeira ao som dum piano que tocava no andar de cima, de te ir ver marchar nas marchas populares; de me revirares o quarto, quando eu não estava, à procura de novidades; dos teus aniversários com amigas que te acompanharam desde pequenina e que te acompanham ainda; das férias na praia; das nossas idas à Serra da Estrela na altura da Páscoa e dos Natais na nossa querida Amieira.

Este vai ser o primeiro Natal no qual não vais estar presente, mas a gente vai ver-te! Vamos ter um computador no teu lugar na mesa hehehe! e…cria o teu blog para podermos acompanhar-te!

Susana, olha o que eu encontrei!! Fica aqui gravada, no meu blog, a memória daqueles Natais em que tu eras ainda pequenina, a tratar da felhó(zes) com a avó Arménia.

Até sempre 🙂

Advertisements

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s