o 1º dia em “arte-factos da minha história”

 

Vou dedicar alguns dias a objectos, os quais têm histórias para contar. Fotografei-os com a câmara do meu telemóvel, portanto, a qualidade é comme si, comme ça.

Este, o primeiro, foi bordado em 1929 pela minha bisavó para a minha avó. Há cerca de 18 anos a minha mãe restaurou-o e hoje continua assim, bonito. É uma ovelha que gostava de ser caniche, em cima duma relva com flores que teimaram ficar viradas para nós em vez de viradas para o céu 🙂

O seguinte fiz eu quando tinha 13 anos na disciplina de Trabalhos Manuais. A minha mãe ajudou-me a cose-lo à maquina naquelas partes mais difíceis, como as laranjas no chapéu da boneca, as folhas e assim…

Pois é, posso constactar que sempre tive uma atracção pelo campo e pelos trajes alusivos a ele, com flores e frutos. Foi por isso que escolhi reproduzir uma camponesa

Advertisements

2 thoughts on “o 1º dia em “arte-factos da minha história”

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s