o esboço

 

“É escusado sonhar que se bebe; quando a sede aperta, é preciso acordar para beber.”

Sigmund Freud

Algo interno me empurra para uma mudança. Sinto necessidade de aprender ou de aperfeiçoar uma arte. Acho que estou a precisar de um refúgio artístico…

Obriguei-me a escrever sobre este assunto aqui, neste meu Blog, porque talvez assim o auto- desencorajamento não me roube a energia.

O meu trabalho tem sido, desde há 23 anos, encorajar pessoas a não deixar de aprender, a não descuidar o seu processo de aprendizagem ao longo da vida. Por outro lado, com estas pessoas tenho aprendido a desenvolver competências na “arte do atendimento” (um processo de aprendizagem que não tem fim, porque cada pessoa é única).

Como o meu dia-a-dia é conversar com pessoas que estão desempregadas e com jovens que abandonaram a escola e procuram alternativas àquela, começo a sentir, aos 48 anos, necessidade de encontrar um refúgio artístico, um refúgio que me permita estar sozinha por alguns momentos.

Na semana passada estive a conversar com uma jovem licenciada em Serviço Social que viveu alguns anos na Bulgária. Voltou este Verão para Portugal e começou a frequentar uma segunda licenciatura denominada “Educação Artística”. Quando eu ouvi este nome “arrebitei logo as minhas orelhas”. Consultei o plano de estudos deste curso o qual me entusiasmou e guardei-o numa gaveta mental… Ontem procurei informações cursos de “Escrita Criativa”. Guardei-os também numa outra gaveta mental…

Tenho um sonho carinhosamente guardado que vou visitar de vez em quando, mas volto sempre a guardá-lo… gostaria de criar uma determinada textura em tecido, ainda não sei qual, com a ajuda de um tear de madeira. Depois, gostaria de tingir esses tecidos com cores extraídas de plantas cultivadas por mim, cores que eu comporia num laboratório artesanal.

Este é o esboço de um sonho antigo. Gostaria de o começar a decompor, projectar e agir. Será?

Anúncios

8 thoughts on “o esboço

  1. O melhor é abrir a gaveta dos sonhos e deitar fora a chave para tentar realizá-los. Com 23 anos a dar o que a vida quer de nós (coragem) acredito que tenha muita. 😉 Tentar por vezes não custa, no entanto sempre surgem as complicações mas com mais coragem se ultrapassam. Por isso, boas concretizações. 😀 Beijinhos.

  2. Amiga hay una frase que leí el otro día…, que dice No te arrepientas por lo que hiciste bien o mal, arrepiente por lo que dejaste de hacer o soñar…, tienes que seguir a tu sueño…
    Sabes, tengo una amiga que se recibió de doctora a la 50 años…, tu puedes…
    Carlos…

  3. eu tenho uma necessidade constante de sonhar. Alguns sonhos já concretizei, outros ainda não e, se não concretizar todos, não faz mal, pois, só o acto de sonhar, faz-me muito bem. Um poeta português diz “o sonho comanda a vida”…

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s