Rumba

 

Um palco salpicado de ramos de rosas brancas e vermelhas; um palco salpicado de objectos de som fabricados no século passado ressuscitados pelos “Dead” …  uma presença muito original  do vermelho, do preto e do branco.

Deixo-vos um cheirinho a chuva através do som do amolador de tesouras usado nesta música

e como Rosas combinam muito bem com Rumba…

E pronto, os festivais de Música ao Ar Livre, para mim, terminaram. Agora, só para o próximo ano.

Advertisements

6 thoughts on “Rumba

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s