uma pronúncia do norte

“Oh Tempo, suspende o teu voo!

De acordo,

Disse o Tempo,

Mas por quanto tempo?”

Convido-vos a uma paragem no tempo, lá atrás, com esta canção tipicamente portuguesa, cantada por esta voz tipicamente portuguesa, contando uma história tipicamente portuguesa, uma história do tempo em que os portugueses que viviam no interior do país estavam completamente isoladas e só conheciam os códigos comunicacionais ensinados pela família e os ditados pelo contacto com a natureza… não sabiam nem ler nem escrever (daí o nome da canção “a gente não lê”), por isso a mágoa sentida por se ser analfabeto, realidade social que durou anos demais.

As imagens que escolhi são as que sobrevivem e revivem num Portugal rural do Minho e de Trás-os-Montes.

estatueta em Ponte de Lima
Escultura em Ponte de Lima – Rancho Folclórico
Lavadouro público em Arcos de Valdevez
Celeiro comunitário duma aldeia da Serra do Alvão onde as mulheres guardam milho
Aldeia na Serra do Alvão
cabrinhas serranas que dão o leite para confeccionar aqueles queijos saborosos
Após uma longa caminhada pela serra sentei-me e, o sol, teimava em fechar-me os olhos! Bem que dormia aqui uma sesta!!!
Advertisements

5 thoughts on “uma pronúncia do norte

  1. Gosto tanto do norte e já faz algum tempo que não o visito, apesar de ser “alentejana de gema”, 🙂 passei uma semaninha no Mosteiro de São João d’Arga perto de Ponte de Lima e fiquei a adorar aquele sitio plantado no meio da Natureza. Tinha na altura 8 anos e ainda hoje me recordo dessa serra fantástica. Quanto a Arcos de Valdevez ainda tenho que visitar. 😀

  2. Sim Marta visita!é linda aquela vila! O motivo que nos levou ao norte foi uma viagem no comboio histórico que parte da Régua com destino ao Tua. é uma viagem através da qual damos um salto na história 🙂 Depois, já que estávamos naquela região do norte, fizemos mais uns Km e fomos revisitar Ponte de Lima e visitar Ponte da Barca, Arcos de Valdevez e uma das 7 maravilhas de Portugal (na categoria de praias fluviais) – As Fisgas de Ermelo http://www.youtube.com/watch?v=hPhXBa0Co1M

  3. Pois eu estou a tentar a partir deste ano visitar pelo menos um lugar a que nunca tenha ido, as prioridades são reservas e parques naturais protegidos, mas disso tudo este ano só vi a costa Vicentina 😦 Mas enfim tenho que ir com calma ainda são algumas e para desfrutar delas sempre é preciso o amigo tempo deixar. 😀

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s