Rua da Saudade

 

Aqui quero deixar mais uma relíquia em forma de canção.

O inesquecível poema de Ary dos Santos, o poeta da revolução, o poeta que soltava os cavalos que viviam em si, o poema cantado por Viviane.

 

 

Anúncios

3 thoughts on “Rua da Saudade

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s