lá atrás

Na Quinta feira que passou voltei a passar no prédio onde cresci. Olhei para o 2º andar da 1ª porta da Rua Herbert Gilbert e recordei alguns momentos. Recuei aos 10 anos mais ou menos. Aquela praceta que agora tem um parque infantil, era um parque de estacionamento onde eu e as minhas amigas brincávamos às escondidas, ao mata, ao lencinho, ao macaquinho do chinês, à apanhada e onde eu andava na bicicleta das minhas amigas, pois os meus pais nunca me compraram uma. Ah como eu gostava de dar balanço e depois, tirar os pés dos pedais e gritar “sem pés e sem mãos!!” Uma vez caí e esfolei as mãos, os joelhos, os cotovelos…as pedrinhas ficaram presas debaixo da pele da palma das minhas mãos que ardiam!!

Recordei as manhãs de Sábado. Levantava-me cedo para ir com a minha mãe à praça. Às vezes ela já estava na casa de banho a colocar o creme Tokalon, o pó de arroz e a sombra verde nos olhos quando eu me levantava da cama pensando que ela já tinha ido embora e dizia-lhe: “mãe, eu quero ir consigo à praça!” Arrumava-me num instante e lá íamos as duas. Sabem do que eu mais gostava no interior da praça? adorava ver as peixeiras a amanhar o peixe. também gostava do cheiro a peixe fresco. Eu fitava com toda a atenção a mão direita da peixeira, a qual segurava uma escova de madeira que eu pensava ter pregos, os quais escamavam o peixinho do rabo até à cabeça. Saltavam escamas por todo o lado! depois, com toda a perícia, desventravam-no com os dedos e ali ficava ele, de barriga aberta. Admirava de tal forma aquele ritual que pensei algumas vezes:”quando for grande quero ser peixeira!!” :). Lá, a minha mãe também comprava uns camarões pequeninos apanhados no estuário do Tejo os quais eu ajudava a descascar em casa enquanto conversávamos temas banais. E berbigão! também comprava berbigão que eu colocava na chapa ao lume, antes do almoço, o tempo suficiente para abrirem a sua concha sufocados com o calor. Ao sábado o almoço era quase sempre rins fritos comprados no talho. Uma delícia! Ainda na praça, subíamos as escadas até ao primeiro andar onde comprávamos os legumes. Aqui eu olhava a vendedora pesar a fruta colocando peso, tirando peso, acrescentado um mais pequenino, até que o ponteiro apontava o Kg. Por fim, passávamos na “Mãe Preta” para comprar o café e o chocolate Regina de morango, de laranja ou de leite. O mais maçador disto tudo eram os encontros da minha mãe com as amigas. Ficavam na conversa e eu ali a ouvir, apoiando-me ora numa perna, ora noutra, pendurando-me no braço dela cansada de tanta conversa entre senhoras. A drogaria do Sr. Augusto era o local onde eu não gostava de ir, porque o senhor obrigava-me a falar com ele e eu não queria. Eu não queria, porque era muito tímida e sabia que assim que dissesse um “Olá” ele fazia uma festa por eu falar e eu ficava muito envergonhada. Ali a minha mãe comprava água raz, cera, detergentes, sabonete, shampoo. Feitas as compras e colocada a conversa em dia, voltávamos a casa e, à tarde, eu limpava o pó dos móveis e limpava a casa de banho. Via o “Cinema de Animação”, e a Tarde de Cinema a preto e branco.

Depois, ia a casa das minhas vizinhas amigas jogar às cartas, ao jogo da Glória, ao monopólio, às damas, xadrez, dominó.

Advertisements

7 thoughts on “lá atrás

  1. “as pedrinhas ficaram presas debaixo da pele da palma das minhas mãos que ardiam!!” – I know how this feels. Ouch! Aside from that – a good memory. Fred and Ginger could do no wrong. I always liked her when she was sassy. 🙂

  2. “as pedrinhas ficaram presas debaixo da pele da palma das minhas mãos que ardiam!!” – good wounds 🙂
    I’d like to know to dance like them. Just a little!

  3. Ai Milita, Milita…o que tu foste recordar, a tua infância, a minha infância a infância da Juju, a nossa infância naquele prédio nº1 da rua Rua Herbert Gilbert!!! Nunca mais aquele prédio irá ter 3 amigas assim, ali ficou a nossa história e grande parte da nossa vida que nunca será esquecida!!!

  4. Sim, lembro-me bem, existem coisas que nunca esquecemos e a nossa amizade é uma delas…desejo que continue para sempre! 🙂

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s