o fruto

Era sábado. Estava sol e calor. As nuvens tinham finalmente limpo o céu! Estávamos no dia 15 de Junho. Ele pensou sair à rua para o seu passeio matinal ao longo do Jardim do Tarro. Quando chegou perto do imponente Plátano que lá vive há mais de 100 anos os bancos estavam ocupados!
– O que se passa aqui? – perguntou.
– Há uma festa em Portalegre neste fim-de-semana – respondeu ela ao mesmo tempo que distribuía por cima da mesa as folhas coloridas, canetas de feltro e outras decorações.
O senhor começou a contar um pouco da sua história, ela ouvia-o e a certa altura perguntou-lhe:
– O Senhor Isidoro não quer escrever o que lhe vai no coração? Hoje o nosso Plátano vai ser o receptor de mensagens vindas do coração.
Ele ficou em silêncio e depois continuou a contar a sua história. Entretanto ela teve que se ausentar por um pouco e, quando voltou, o Sr. Isidoro ditava à Sara as suas palavras, as quais ela escrevia cuidadosamente em sua sebenta. A Sara passou-me a sebenta para que eu ajudasse o senhor a escrever numa folha à sua escolha com uma cor também à sua escolha. Ele quis que eu escolhesse tudo e que escrevesse. Eu? Eu não sabia o que escolher!!…nada era tão grandioso como aquilo que ele desejava transmitir!! Peguei nisto e naquilo e fui perguntando, fui recortando, fui escrevendo. Fiquei tão entusiasticamente atrapalhada com aquela explosão de afecto do Sr. Isidoro que eu própria estava com dificuldade em escolher os papeis mais bonitos (e não escolhi nada de especial se comparar com que ele me ditou)! Quando os poemas ficaram preparados para tocar outros corações, pendurei-os no Plátano com uma linha e lá ficaram dançando ao som da brisa.
Imagem052

Fui almoçar a casa.
Depois de almoço planeava ir ouvir poesia pela voz da minha amiga Olga, mas antes, decidi mudar o meu rumo e fui até junto do Plátano para arrumar o que entretanto tinha ficado desarrumado. Chega o Sr. Isidoro! Ele aproximou-se de mim com um saquinho que trazia nozes lá dentro e deu-me as nozes dizendo:
– Estas nozes são para vós. Era o que eu tinha lá em casa para partilhar e trouxe para vos oferecer.
Sabem? Aquele momento foi o mais importante para mim na AJUDADA. Foi mesmo o mais valioso, foi o mais inesquecível! Naquela manhã eu fui simplesmente mediadora de duas mensagens daquele senhor, o Plátano partilhou-as e o Sr. Isidoro ficou tão agradecido…
Imagem054

Aquele saquinho de nozes acompanhou-me durante toda a tarde como se eu andasse com os sentimentos do Sr. Isidoro Realinho ao colo. No Museu das Tapeçarias de Portalegre as nozes ouviram poesia através da voz da Olga e das das companheiras, na Escola Superior de Educação elas ouviram o Millo Magnocavallo que falou sobre a importância da vizinhança e depois acompanharam-me rua abaixo até à cozinha do Mercado Municipal onde o fruto foi retirado da casca pela equipa que preparou as refeições nos três dias da AJUDADA.
Imagem055

O desejo do Sr.Isidoro foi concretizado no final do dia, pois todos os que jantaram no mercado no sábado dia 15 de Junho receberam o que um ansião de Portalegre quis partilhar daquela forma maravilhosamente espontânea e de coração aberto.
Mas o Sr. Isidoro pediu um desejo. Quando ele ofereceu as nozes debaixo do Plátano pediu que eu escrevesse o seu número de telefone num papel e pediu-me que quando houvesse outra festa como aquela lhe telefonasse. Eu fiz o que ele me pediu e guardei o papel para um dia o convidar para outra festa, outra festa que seja fruto da AJUDADA.

““Vocês têm três corações.
Quando são jovens têm um,
quando nos casamos e mudamos de vida, temos outro
e de velho têm-se outro.
A gente deve ter amor uns pelos outros.”
Isidoro Realinho, 87 anos

2 thoughts on “o fruto

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s