O interior de uma alentejana

Esta fotografia de Marta Sofia Nunes é uma imagem poética sobre a vida que acontecia e ainda acontece em muitas casas do Alentejo rural.

A Fome, saciada diariamente pelo pão,

o Frio, entranhado nos pés engadanhando as mãos apaziagua-se na presença do borralho que arde devagarinho no chão.

A Mesa, onde a mãe o pai e o menino comem a sopa de feijão que a rica terra oferece tem dentro uma gaveta que recolhe o conduto até à próxima refeição.

A Cordice, cortina colorida guarda histórias secretas quando corrida e a cadeira florida, contagia a toalha de mesa e os pratos de esmalte…

e é assim que as flores e as cores alegram a vida ao pé daquela chaminé que inspira lá de cima a fé e a esperança na lua e nas estrelas e no sol e na chuva como quem se inspira para compor uma canção.

A cozinha da D. Leonilde

2 thoughts on “O interior de uma alentejana

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s